Mulher grávida pode ter relação sexual? Tire suas dúvidas!

O nosso tema de hoje fala sobre relações sexuais durante a gravidez. A gestação é um momento de muitas mudanças para si e para o seu parceiro, incluindo mudanças no seu relacionamento sexual. Podem ambos experimentar diferentes emoções e sentimentos, a comunicação é tão importante agora, como é sempre.

É normal que existam dúvidas ou preocupações sobre o comportamento sexual durante a gestação. Por isso, as informações que apresentaremos ajudará esclarecer se a mulher grávida pode ou não ter relações sexuais.

Até quando a grávida pode ter relações?

Se a saúde estiver boa, a mulher pode ter relação sexual e orgasmos com toda a segurança durante a gravidez. O feto está bem protegido pelo líquido amniótico que o rodeia. Uma mulher saudável e com uma gravidez normal, pode continuar a ter relações até no nono mês de gravidez, sem receio de danos para si ou para o feto.

E quando a mulher não deve praticar atividade sexual?

Há algumas razões, nas quais o médico pode aconselhar a mulher a limitar ou cessar as relações sexuais durante ou num determinado período da gravidez. Estes motivos incluem:

  • História do aborto;
  • História de parto prematuro;
  • Presença de infecção em ambos os parceiros;
  • Presença de múltiplos fetos;
  • Sangramento no ato sexual;
  • Dor durante as relações sexuais;
  • Quebra da bolsa amniótica (saco de água) ou saída de líquido pela vagina;
relação sexual na gravidez

Quando a mulher não deve praticar?

Motivos da falta de desejo sexual na gravidez

Durante o primeiro trimestre, muitas mulheres experimentam sintomas físicos que podem afetar o seu desejo em ter relações sexuais, tais como:

  • Náuseas, vômitos e fadiga;
  • A micção frequente é outra ocorrência comum e algumas mulheres podem achar que agrava a condição sexual. Como é natural sentirem algum destes sintomas, pode-se estar menos interessada em fazer amor, do que antes da gravidez;
  • A sensibilidade dos seios começa no primeiro trimestre e continua durante toda a gravidez. Algumas mulheres podem achar a estimulação da mama durante o ato sexual, extremamente desconfortável, enquanto outras acham que é especialmente agradável.

Quando o desejo aumenta?

Muitos dos desconfortos matinais da gravidez acabam durante o segundo trimestre. A maioria das mulheres experimenta uma renovada energia e um aumento no desejo sexual à medida que os desconfortos da gravidez vão diminuindo. Durante o segundo trimestre a gestante começa a se sentir melhor.

A lubrificação vaginal aumenta à medida que o bebê desce para a parte inferior na pelve. Muitas mulheres dizem que são mais facilmente excitáveis e sexualmente receptivas, durante este período.

Lembre-se: a gravidez pode ser um momento maravilhoso para experimentar diferentes posições e diferentes formas de intimidade. A variedade de atividades íntimas pode ser muito agradável durante gestação.

O que pode causar desconforto no momento íntimo da gestante?

desconforto sexual na gravidez

O que causa desconforto?

O peso do seu parceiro no abdômen durante a relação sexual pode ser muito desconfortável no final da gravidez. Muitos casais acham a posição de lado, mais confortável. Se sentir pressão interna durante a relação, é aconselhável evitar a penetração profunda.

Usar almofadas ou lubrificação adicional, pode aliviar um pouco o desconforto. Relações sexuais com a mulher por cima, geralmente resultam numa penetração mais profunda, embora permita, à mulher, controlar a profundidade.

A estimulação da mama pode resultar na secreção de colostro (fluido fino, cor amarelada), que é normal e inofensivo, mas pode ser desagradável para alguns casais.

A mulher grávida pode ter orgasmos?

Algumas mulheres que estão grávidas preferem evitar o orgasmo, porque as contrações podem ser desconfortáveis, mas o orgasmo não é prejudicial. Compreensão, carinho e apoio são necessários por ambos os pais, expectantes, durante as últimas semanas de gravidez, quando aumenta o stress e as relações sexuais podem ser muito cansativas e desconfortáveis.

Se for aconselhada a abster-se das relações sexuais, procure alternativas aceitáveis que podem ser muito prazerosos. Só atente-se ao fato de que o seu parceiro não deve soprar para dentro da vagina durante o sexo oral, pois isso pode resultar em embolias.

Esperamos ter esclarecido acerca das relações sexuais durante a gestação. Podemos inferir que, salvo indicação médica em contrário, as relações são saudáveis e contribuem para a unidade do casal.

Recomendação de tratamento para engravidar rápido e naturalmente: Acesse Aqui

Por isso, se você pensa em engravidar, não se abstenha de sexo, pois uma mãe e um pai feliz só pode resultar num bebé também feliz!

Leave a Reply