Garrafada para engravidar – mito ou verdade? Cuidado!

Mulheres, sou Fernanda, uma das colaboradoras daqui e achei muito interessante discutir o tema: garrafada para engravidar mito ou verdade. Portanto, acompanhe essa postagem, pois acredito que será de grande ajuda para você que tem dificuldade para engravidar e chegou aqui à procura de receitas de como fazer a garrafada.

É mito ou verdade?

garrafada para engravidar mito ou verdade

Não é difícil encontrar por aí pessoas falando sobre o uso da garrafada para limpar útero e engravidar. E se você também chegou a pensar que funciona, sinto muito em decepcioná-la, pois isso é mito!

É claro que existem receitas/alimentos naturais que são eficazes não só para engravidar, mas para diversos tratamentos, porém, a garrafada para engravidar é apenas especulação. E surpreenda-se, porque além de não ser boa para gravidez, ela pode causar efeito contrário e te prejudicar. Inclusive, quero abrir um “parêntese”: se você quer realmente um medicamento natural que funciona, leia esse post onde a Kelly escreveu: tomei maca peruana e engravidei, confie nela.

A verdade

De acordo com farmacêuticos, médicos e profissionais da área científica, além das ervas usadas nas receitas não conter princípios ativos para engravidar, elas podem causar danos à saúde.

Na verdade, dependendo da mistura, a garrafada pode causar a má formação do feto. Além disso, pode causar outros perigos à saúde, como por exemplo: problemas nos rins, coração, pulmão e neurológicos. Tudo isso devido aos ingredientes que compõe a garrafada para gravidez, enquanto alguns fazem mal, outros nem fazem efeitos para o propósito principal que é engravidar, vejamos abaixo.

A receita de garrafada para engravidar

Nem todos os ingredientes usados na receita de garrafada são revelados (o que é mais um problema), mas mesmo assim, os ingredientes que são identificados mostram suas ineficácias ou efeitos contrários à gravidez.

Ingredientes

  1. Erva doce: essa é uma planta muito boa para estimular a produção de leite materno e aliviar cólicas em bebês. Já para gestante e tentante à gravidez, a erva doce não é indicada. Suas propriedades podem provocar contrações e consequentemente o aborto.
  2. Canela: sendo um dos conhecidos ingredientes da garrafada, apesar de a canela ser eficaz para várias doenças, como por exemplo: úlcera, fadiga, doença dos rins, enxaqueca, memória, diabete, diarreia, hipoglicemia, etc, ela não ajuda nada em engravidar, pelo contrário, ela pode causar contrações e provocar aborto.
  3. Casca de romã: é sabido que a casca de romã é um “santo remédio” para dor de garganta, porém, a grande quantidade de alcaloides que ela contém pode intoxicar e causar vômitos se ingerida, em casos mais sérios leva até a morte. Sendo assim, seu uso não é recomendado para tentante, gestante e lactante.
  4. Noz moscada: a noz é conhecida por ser um anti-inflamatório, porém, suas propriedades podem provocar aborto e por isso não é recomendada para a mulher que está tentando engravidar nem para gestantes.
  5. Salsa parreira: recomendada para reumatismo, doenças de pele, anemia, artrite e asma. Suas indicações não tem nada a ver com a possibilidade de engravidar, pelo contrário, não é indicada para gestante.
  6. Anis estrelado: esse é outro componente da garrafada para engravidar que é puro mito. Não tem benefícios para engravidar e sim para tratamento de gripe e sintomas respiratórios como: bronquite e tosse. Seu uso não é indicado para crianças.
  7. Barba de timão: é um fortíssimo cicatrizante e antifúngico. Porém, além de não estar relacionado a remédio para engravidar, ele atrapalha o feto se desenvolver. Outra coisa é que o barba timão não deve ser ingerido, mas somente para banho.
  8. Algodãozinho: apesar de ajudar a combater infecções de útero e próstata, não se relaciona à gravidez. Sua propriedade é conhecida por provocar abortos.
  9. Ruibarbo em pó: o ruibarbo é muito usado para combater problemas digestivos, como: gazes, azia, má digestão. Mas, ele não é indicado para quem está amamentando e nem para gestante. Ele é contraindicado para a grávida porque pode estimular o útero e provocar aborto.
  10. Cavalinha: a cavalinha trata problemas na urina e rins, mas seu uso contínuo resulta em carência de vitamina B1; e a falta de vitaminas não é recomendada para quem está querendo engravidar.
  11. Curraleira ou alcanforeira: não há propriedades encontradas nessa planta usada na garrafada que ajude a engravidar. Ela é indicada para problemas digestivos e reumatismo.
  12. Rosa branca: serve para diversos problemas, tais como: prisão de ventre, sistema nervoso, limpeza de pele, entre outros. Só não tem propriedade nenhuma que comprove a eficácia no que se diz respeito à gravidez.
  13. Beijo branco ou beijo de moça: não possui relação com remédio para engravidar. Ela ajuda no tratamento de ictéria (problema da pele amarelada).
  14. Raiz guine ou raiz de gambá: por último, essa raiz combate a enxaqueca, reumatismo, hidropisia, artrite, etc. Mas em contramão, é uma planta altamente abortiva.

Conclusão sobre a garrafada

garrafada prejudica saúdeDepois de ler tudo isso, não acredite mais quando ouvir alguém dizer por aí que você deve beber “garrafada para engravidar de gêmeos (tem gente desinformada que diz isso)”. A ciência nos mostra que muita receita é mito e não verdade. Além de perder tempo, você pode estar prejudicando sua saúde e se alimentando de falsas esperanças.

Até a próxima! E se quiser conhecer sobre o tratamento natural para engravidar que funciona, veja aqui: Tratamento que funciona de verdade