Exames para saber o gênero do bebê – Conheça os principais

Após os primeiros meses de gravidez, muitas mães ansiosas geralmente têm um pensamento em suas mentes: “eu vou ter um menino ou uma menina?”

A perspectiva de ter um menino ou menina geralmente levam as pessoas, incluindo as mães, a acreditarem nos mitos que cercam a previsão do gênero do bebê. Alguns dos mais comuns incluem a altura da barriga, o teste do anel com um barbante e até mesmo pressentimentos sobre carregar um menino ou uma menina. Porém, não existe maneira melhor do que procurar ajuda de um especialista, pois esse vai pedir um para saber o gênero do bebê com mais eficiência .

Neste artigo, vamos revisar de maneira breve alguns dos vários exames através das quais as mães podem potencialmente descobrir o gênero de seus bebês.

Qual é a melhor maneira de prever o gênero do bebê?

Enquanto as pessoas tipicamente confiam em métodos, existem exames de “previsão do gênero dos bebês” que tendem a oferecer os resultados mais precisos. Vamos dar uma olhada nos mais comuns.

exame para saber sexo bebê

Principais exames de previsão

TPNI

O Teste Parental Não invasivo ou TPNI permite às mães descobrirem o gênero de seus bebês através de um teste sanguíneo. Estudos mostraram que esta forma de teste é 99% precisa quando o assunto é prever o gênero de um bebê. Não apenas isso, ela oferece informações sobre o risco potencial de anormalidade nos cromossomos, como a Síndrome de Down, Síndrome de Edwards e Síndrome de Patau.

Este tipo de teste é geralmente oferecido a mães que podem ter risco de seus fetos desenvolverem defeitos de nascimento relacionados aos genes.

AVC e âmnio

A Amostragem Vilo-Coriônica e amniocentese, assim como o TPNI, faz um mapeamento genético do bebê enquanto ele ainda está no útero. A diferença entre estes testes diagnósticos é que eles são invasivos e podem elevar ao risco de aborto. A AVC é geralmente realizada por volta de 10 semanas de gestação, enquanto a âmnio é conduzida pela semana 15. Estes testes são recomendados para mães que tenham uma grande chance de seus fetos desenvolverem anomalias genéticas.

Ultrassom

Os ultrassons geralmente são rotinas não-invasivas que são realizadas entre 18 e 22 semanas de gravidez. Obviamente, eles são realizados com regularidade ao longo da gravidez. Apesar de não ser tão preciso quanto o TPNI ou a AVC e âmnio, um técnico de ultrassom pode verificar se o bebê que está crescendo, se é um menino ou uma menina ao visualizar a sua anatomia durante uma consulta.

Em alguns casos, eles podem não ter uma boa visibilidade durante certos estágios da gravidez, então a precisão pode não ser das melhores. Ainda assim, é um dos melhores e mais usados entre os exames para saber o gênero do bebê antes do nascimento.

Kit de farmácia, teste de previsão, sexagem fetal

kit sexagem fetal

Kit de farmácia

Mães que precisam restabelecer a sua confiança antes do ultrassom do segundo trimestre, geralmente, compram em farmácias o que é conhecido de teste de previsão do gênero do bebê sexagem fetal.

Alguns kits, geralmente, dizem a uma mãe se ela terá um menino ou uma menina medindo a quantidade de testosterona presente na urina. Kits mais “chiques” tendem a detectar a ausência ou presença de DNA especificamente masculino usando uma amostra de sangue da mãe.

Recomendação de tratamento para engravidar rápido e naturalmente: Acesse Aqui

Apesar de muitos destes kits prometerem ter pelo menos 90% de precisão, eles não são exatamente os kits mais precisos. Muitos destes avisam os futuros pais para confirmarem os seus resultados com o médico antes de pintar o quarto do bebê.

Leave a Reply